Agronegócio: programa levará tecnologias 4.0 e investimento para o setor

Edital lançado pelo MCTI, em parceria com MAPA, ME e ABDI, na última quinta-feira (3), permanece com inscrições abertas até o dia 26 de setembro

Os Ministérios da Agricultura (MAPA), da Economia (ME) e da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), lançaram em conjunto, na última quinta-feira (3), o Edital do programa Agro 4.0, que tem como objetivo promover, por meio destas tecnologias, o aumento de eficiência e de produtividade, além da redução de custos no agronegócio brasileiro.

O Edital, que faz parte da modalidade concurso, é voltado às empresas usuárias de tecnologias 4.0 do setor produtivo, abrangendo principalmente produtores rurais e agroindústrias. Estas empresas poderão submeter propostas de projetos em parceria com demais Instituições.

De acordo com Igor Calvet, presidente da ABDI, o Programa Agro 4.0 que contempla quatro categorias relacionadas à cadeia produtiva do agronegócio – incluindo empresas dos setores primário, secundário e terciário, irá possibilitar e gerar uma maior disseminação de tecnologias digitais no agronegócio, com foco em aumento de eficiência, produtividade e redução de custos junto a produtores e indústrias.

Cleber Soares, diretor do Departamento de Apoio à Inovação afirma que essa iniciativa visa estimular o ambiente de inovação digital no agronegócio, através de soluções práticas e aplicadas às cadeiras de valor nos segmentos dentro e fora da porteira, além de ecossistema de cadeias produtivas.

A partir de cada categoria, foram identificadas temáticas de aplicação a serem seguidas pelos projetos:

  1. Segmento de insumos (fertilizantes, defensivos, rações, máquinas e equipamentos);
  2. Segmento primário (agricultura, pecuária, pesca, aquicultura);
  • Segmento secundário (fabricação de produtos alimentícios);
  1. Integração de segmentos, incluindo segmento terciário (integração de elos da cadeia – abrangendo serviços de tecnologia da informação e comunicação, logística, entre outros).

Ao todo, serão investidos R$ 4,8 milhões em 14 projetos. A premiação varia de R$ 300 mil para até quatro projetos nas categorias 1, 2 e 3; a R$ 600 mil para até dois projetos na categoria 4.

Os projetos selecionados serão conhecidos ainda em 2020 e terão, a partir da divulgação, um prazo de sete meses para a execução e outros 12 meses para o monitoramento dos resultados.

As inscrições vão até o dia 26 de setembro.

A GAC Brasil presta assessoria na viabilidade econômica de projetos em Agronegócio, visando o aumento da produtividade e eficiência do setor.

Entre em contato conosco para receber mais informações sobre o presente edital e aproveite para conhecer os demais programas voltados ao fomento da inovação, que podem ajudar a transformar o projeto da sua empresa em realidade!

E-mail contato@group-gac.com.br

Telefone (11) 4858-9350 e WhatsApp (11) 99221-9019.