BID Lab e Hospital das Clínicas da USP investem R$4,4 milhões em programa de inovação

Recurso apoiará soluções inovadoras que buscam além de solucionar problemas de saúde pública decorrentes da pandemia de COVID-19, desenvolver aplicações que possam ser utilizadas em diversas outras áreas

O BID Lab, braço de inovação do Banco Interamericano de Desenvolvimento, e o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP assinaram recentemente um contrato para o aporte de US$ 870 mil, o equivalente a R$ 4,4 milhões, com a finalidade de financiar a pilotagem e internacionalização de soluções inovadoras que são selecionadas através do Programa IdeiaGov.

Os recursos serão destinados à implementação de soluções no InovaHC, núcleo de inovação do Hospital das Clínicas, que mapeou, em conjunto com o IdeiaGov os desafios para os quais as soluções são direcionadas.

A doação realizada pelo BID vai apoiar ao menos dez projetos que buscam além de solucionar problemas de saúde pública decorrentes da pandemia de COVID-19, desenvolver aplicações que possam ser utilizadas em diversas outras áreas.

Morgan Doyle, representante do BID no Brasil, ressalta a importância da parceria com o HC de SP e o governo paulista. Segundo Doyle, através deste ecossistema de pesquisa e inovação considerado o mais robusto da região, será possível estimular o potencial criativo não somente do território nacional, mas também mundialmente.

A secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen, afirma que o aporte é essencial para o desenvolvimento da ciência e tecnologia e um passo fundamental para o Governo na revolução digital na saúde. Ela acrescenta, ainda, que o recurso irá ajudar a impulsionar soluções inovadoras, principalmente, neste período difícil em que estamos vivendo de combate à pandemia.

De acordo com Henrique Bussacos, sócio-fundador do Impact Hub, organização brasileira que opera o IdeiaGov, conectada a uma rede global de empreendedores com o propósito de desenvolver soluções e negócios de transformação, a parceria com o BID alavanca ainda mais o potencial da iniciativa que já conta com diversos parceiros e a liderança do Governo do Estado de São Paulo.

O presidente do Conselho Diretor do Instituto de Radiologia e da Comissão de Inovação do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP), Giovanni Guido Cerri, evidência o apoio do BID na identificação de novas ferramentas tecnológicas para combater e reduzir os impactos do coronavírus na saúde da população e ressalta o marco como um legado para a medicina brasileira e o futuro da área.

Próximos passos

Os preponentes selecionados terão acompanhamento metodológico por parte da equipe do BID Lab, braço de Inovação do BID, e serão guiados para que as soluções amadureçam, sejam testadas, aperfeiçoadas e possam ser lançadas nos mercados nacional e internacional.

Os recursos do BID e do Governo de São Paulo vão viabilizar itens como prototipagem e compra de insumos para esses desenvolvimentos.

Durante o processo, os participantes também desenvolvem projetos piloto, ganhando acesso às instalações de ponta do Hospital das Clínicas de São Paulo, aos pesquisadores da Faculdade de Medicina da USP e de outros órgãos vinculados ao governo paulista.

Os desafios são lançados por meio de editais divulgados no site do IdeiaGov, onde as empresas interessadas se inscrevem e passam por um processo seletivo que analisa aspectos tecnológicos, operacionais e de mercado das soluções propostas.