Novo edital busca fomentar a pesquisa, o desenvolvimento e a inovação em projetos que envolvam risco tecnológico e contribuam com ações inovadoras para o SUS

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) em parceria com os Ministérios da Saúde (MS), da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMDFH) lançaram no dia 2 de setembro, um edital de Tecnologia Assistiva no valor de R$ 40 milhões.

Com o objetivo de fomentar a pesquisa, o desenvolvimento em projetos que envolvam risco tecnológico e contribuam com ações inovadoras para o SUS, espera-se também promover a independência, autonomia, inclusão social e melhoria da qualidade de vida de idosos e de pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.

Segundo Alberto Dantas, diretor de Inovação da Finep, serão apoiadas propostas em cinco linhas temáticas: auxílio para o desempenho autônomo diário e laboral da pessoa com deficiência e idosos; auxílio para ampliação da habilidade visual, auditiva e que promova o desenvolvimento intelectual para pessoas com deficiência; órteses, próteses e meios auxiliares de locomoção; habilitação e reabilitação; e soluções inovadoras para atualização das tecnologias assistivas no SUS.

A parceria que também faz parte de um acordo de cooperação com o Instituto General Villas Bôas (IGVB), aposta na união de forças para apoiar a inovação tecnológica como forma de desenvolver tecnologia assistiva (TA), buscar investimentos e fazer com que novos itens cheguem a quem precisa deles para viver com mais conforto, dignidade e se manter produtivo.

Durante o evento, Marcos Pontes ressaltou que os temas Doenças Raras e Tecnologia Assistiva estão entre os projetos prioritários do MCTI, e destacou a influência da ciência e capacidade dos pesquisadores no desenvolvimento de soluções para deficientes.

Edital MCTI/Finep

Serão apoiados produtos, equipamentos, dispositivos, recursos, metodologias, estratégias, práticas e serviços que promovam a funcionalidade relacionada à atividade e à participação de pessoas com algum tipo de deficiência no seu cotidiano.

R$ 30 milhões serão aplicados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT), além de uma previsão de aporte de R$ 10 milhões oriundos do Fundo Nacional de Saúde (FNS), esse, ainda em fase final de tramitação. O valor mínimo a ser concedido é de R$ 500 mil podendo alcançar R$ 3 milhões.

São passíveis de financiamento projetos com nível de maturação TRL 3, que é o estágio entre a pesquisa básica e a pesquisa aplicada, com testes laboratoriais, prova de conceito e protótipo, com proposta de chegar ao nível TRL 7, que é a fase de demonstração, com protótipo analisado em ambiente operacional.

O Formulário eletrônico para apresentação de propostas (FAP), ficará disponível no site da www.finep.gov.br até às 17h do dia 18 de setembro. A divulgação do resultado final está prevista para 10 de dezembro.

Soluções inovadoras e políticas de fomento a tecnologia assistiva são grandes aliadas no processo de inclusão e melhoria de qualidade na vida de pessoas com deficiência.

Como empresa especializada na gestão estratégica da inovação, a GAC Brasil compreende a importância e apoia o desenvolvimento de soluções, e aplicação de novas inovações tecnológicas assistivas.

Entre em contato conosco para saber como garantir recursos e desenvolver o seu projeto inovador!

Nossos canais:

E-mail contato@group-gac.com.br

Telefone (11) 4858-9350 e WhatsApp (11) 99221-9019.

MCTI lança plataforma para mapeamento de laboratórios e equipamentos científicos brasileiros

Plataforma vai reunir informações sobre os laboratórios e equipamentos nas universidades e instituições de pesquisa em todo o país

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) lançou no dia 2 de setembro, uma plataforma para mapear e reunir informações sobre os laboratórios e equipamentos nas universidades e instituições de pesquisa em todo o país. O objetivo é facilitar o acesso e compartilhamento dessa infraestrutura entre pesquisadores e empresas de forma inédita no país.

A Plataforma Nacional de Infraestrutura de Pesquisa (PNIPE) MCTI, vai permitir que universidades e instituições tecnológicas e de inovação sediadas no Brasil e que desenvolvam atividades de P&D, cadastrem suas instalações, e permitir a pesquisa e consulta das infraestruturas cadastradas.

O secretário de Políticas para Formação e Ações Estratégicas do ministério, Marcelo Morales, destacou a importância da plataforma na otimização dos equipamentos, refletindo não somente no impacto das pesquisas nacionais, mas também em iniciativa privada que pode utilizá-los e contribuir financeiramente pelo uso e manutenção deles.

Nelson Simões, diretor-geral da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP/MCTI), afirma que a plataforma tem um grande potencial de crescimento com a inclusão de informações e pode inclusive dialogar com instituições internacionais no futuro.

Durante o evento de lançamento da Plataforma Nacional de Infraestrutura de Pesquisa (PNIPE) MCTI, também foi lançada uma chamada da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep/MCTI) que vai destinar R$ 6 milhões para manutenção de equipamentos científicos multiusuários de médio e grande porte cadastrados no PNIPE.

As inscrições vão até 2 de outubro e são abertas para manutenção de equipamentos entre R$ 20 mil e R$ 500 mil. Clique aqui para conferir mais informações sobre este edital.

Deseja receber apoio para aplicação do seu projeto por meio de editais?

Entre em contato conosco!

Estamos à disposição para orientá-lo (a) e contribuir no fortalecimento da inovação dentro de sua empresa.

Nossos canais:

E-mail contato@group-gac.com.br

Telefone (11) 4858-9350 e WhatsApp (11) 99221-9019.

ABDI divulga edital para estimular a inovação no setor de autopeças

Iniciativa que aposta em projetos de transformação digital vai destinar R$ 1,2 milhão em recursos para o setor. As inscrições poderão ser feitas até 30 de setembro

A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) lançou, no dia 2 de setembro, um edital de incentivo a inovação na cadeia de autopeças.

A iniciativa que totalizada R$ 1,2 milhão em recursos que unem empresas-âncoras e fornecedores, sendo destinados R$ 300 mil para cada projeto, aposta no processo de digitalização do setor a partir do compartilhamento de experiências e avanços com as demais empresas do setor, que atende tanto às montadoras brasileiras quanto ao mercado de reposição de peças e exportações.

O edital é resultado da cooperação técnica da Agência com o Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças), que prevê ações de estímulo à inovação e apoio ao setor.

Os projetos inscritos devem ter como foco o aumento eficiente da produção, no que abrange questões como controle de estoque, tempo de processo, consumo de energia e digitalização dos canais de compra e venda, entre outras, utilizando tecnologias como computação em nuvem, inteligência artificial, internet das coisas, geolocalização e comunicação entre máquinas.

As propostas que forem apoiadas pelo edital deverão ser executadas em até dois anos, seguindo metas e indicadores de desempenho. Embora o aporte do edital tenha efeito imediato sobre oito empresas inicialmente, há previsão de impacto para um conjunto maior.

As inscrições poderão ser feitas até 30 de setembro, através do e-mail: encadeamento40@abdi.com.br.

Para conferir o edital, basta acessar “licitações” na aba de “transparência” do site da ABDI.

A GAC Brasil entende que a inovação é o principal requisito para o crescimento e competitividade da indústria de autopeças.

Editais como o divulgado pela ABDI e o incentivo fiscal Programa Rota 2030, são fatores de alavancagem para inovação em sua empresa, tendo como base pesquisa e desenvolvimento no setor automobilístico e de autopeças.

A GAC Brasil é uma consultoria multinacional especializada em gestão estratégica da inovação, que presta assessoria às empresas na obtenção dos incentivos fiscais relacionados à PD&I, por meio de um trabalho customizado e uma equipe de alto nível. Atuamos com excelência no processo de desenvolvimento e habilitação do programa Rota 2030.

Entre em contato conosco através dos nossos canais:

E-mail contato@group-gac.com.br

Telefone (11) 4858-9350 e WhatsApp (11) 99221-9019.

 

 

Agronegócio: programa levará tecnologias 4.0 e investimento para o setor

Edital lançado pelo MCTI, em parceria com MAPA, ME e ABDI, na última quinta-feira (3), permanece com inscrições abertas até o dia 26 de setembro

Os Ministérios da Agricultura (MAPA), da Economia (ME) e da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), lançaram em conjunto, na última quinta-feira (3), o Edital do programa Agro 4.0, que tem como objetivo promover, por meio destas tecnologias, o aumento de eficiência e de produtividade, além da redução de custos no agronegócio brasileiro.

O Edital, que faz parte da modalidade concurso, é voltado às empresas usuárias de tecnologias 4.0 do setor produtivo, abrangendo principalmente produtores rurais e agroindústrias. Estas empresas poderão submeter propostas de projetos em parceria com demais Instituições.

De acordo com Igor Calvet, presidente da ABDI, o Programa Agro 4.0 que contempla quatro categorias relacionadas à cadeia produtiva do agronegócio – incluindo empresas dos setores primário, secundário e terciário, irá possibilitar e gerar uma maior disseminação de tecnologias digitais no agronegócio, com foco em aumento de eficiência, produtividade e redução de custos junto a produtores e indústrias.

Cleber Soares, diretor do Departamento de Apoio à Inovação afirma que essa iniciativa visa estimular o ambiente de inovação digital no agronegócio, através de soluções práticas e aplicadas às cadeiras de valor nos segmentos dentro e fora da porteira, além de ecossistema de cadeias produtivas.

A partir de cada categoria, foram identificadas temáticas de aplicação a serem seguidas pelos projetos:

  1. Segmento de insumos (fertilizantes, defensivos, rações, máquinas e equipamentos);
  2. Segmento primário (agricultura, pecuária, pesca, aquicultura);
  • Segmento secundário (fabricação de produtos alimentícios);
  1. Integração de segmentos, incluindo segmento terciário (integração de elos da cadeia – abrangendo serviços de tecnologia da informação e comunicação, logística, entre outros).

Ao todo, serão investidos R$ 4,8 milhões em 14 projetos. A premiação varia de R$ 300 mil para até quatro projetos nas categorias 1, 2 e 3; a R$ 600 mil para até dois projetos na categoria 4.

Os projetos selecionados serão conhecidos ainda em 2020 e terão, a partir da divulgação, um prazo de sete meses para a execução e outros 12 meses para o monitoramento dos resultados.

As inscrições vão até o dia 26 de setembro.

A GAC Brasil presta assessoria na viabilidade econômica de projetos em Agronegócio, visando o aumento da produtividade e eficiência do setor.

Entre em contato conosco para receber mais informações sobre o presente edital e aproveite para conhecer os demais programas voltados ao fomento da inovação, que podem ajudar a transformar o projeto da sua empresa em realidade!

E-mail contato@group-gac.com.br

Telefone (11) 4858-9350 e WhatsApp (11) 99221-9019.

 

USP seleciona ideias inovadoras para o agronegócio

Programa da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo (Esalq-USP) em parceria com a China Agricultural University e Hainan University, está com inscrições abertas até 13 de setembro de 2020.

O Acelera Esalq é uma iniciativa que tem como objetivo proporcionar experiência de inovação e empreendedorismo para jovens universitários de escolas públicas e privadas, e selecionar ideias inovadoras para problemas do agronegócio brasileiro.

Ao longo do programa, as equipes terão contato direto com os principais nomes do ecossistema de inovação do agronegócio, além de professores da Esalq-USP. A programação terá início no dia 19 de setembro e término 12 de dezembro de 2020. Serão oito encontros on-line, totalizando 32 horas de carga horária, de quatro horas cada, das 8 às 12 horas.

Para participar basta ser aluno matriculado em cursos de graduação e pós-graduação de Ensino Superior, em faculdades públicas ou privadas, sendo obrigatória a presença de, no mínimo, três e, no máximo, cinco integrantes na equipe.

Como premiação, no final do programa será distribuído R$ 20 mil para as melhores equipes classificadas em avaliação final por banca composta por representantes de empresas e docentes.

Os interessados em participar do Acelera Esalq devem se inscrever no formulário on-line disponibilizado pela Esalq-USP.

Clique aqui para receber mais informações sobre o programa.

O investimento em educação, ciência, tecnologia e inovação é fundamental para a garantia elevada do desenvolvimento e estímulo econômico ao país.

A GAC Brasil auxilia empresas privadas com os estudos de viabilidade, presta assessoria na obtenção otimizada de incentivos fiscais e funding para PD&I.

Entre em contato conosco através dos nossos canais:

E-mail contato@group-gac.com.br

Telefone (11) 4858-9350 e WhatsApp (11) 99221-9019.

Finep/MCTI lança programa de Subvenção Econômica

Chamada Pública conta com o apoio do FNDCT e vai conceder um total de até R$ 22 milhões em recursos não reembolsáveis

A presente Chamada Pública de Subvenção Econômica à Inovação – 03/2020, lançada pela Finep/MCTI com recursos do FNDCT, surge como parte do esforço ao combate contra a pandemia causada pelo novo coronavírus. Com um aporte de até R$ 22 milhões em recursos não reembolsáveis, o programa apoiará 53 projetos de empresas de base tecnológica e startups que buscam aplicar rapidamente soluções tecnológicas inovadoras para produtos, serviços ou processos, nesta pandemia.

Devido a urgência e importância temática, a chamada foi implementada e finalizada em tempo recorde, recebendo um total de 236 propostas oriundas do país inteiro, franqueando 14 áreas temáticas e totalizando R$ 96,9 milhões em demanda.

Entre os temas, estavam presentes serviços remotos de saúde voltados à escalabilidade do atendimento em atividades como diagnóstico, tratamento e prevenção, passando por ferramentas e produtos para redução e prevenção de contágio, incluindo tecidos com nanotecnologia, além de sistemas de detecção de vírus e medição de carga viral em ambientes e equipamentos.

Foram igualmente previstas propostas para robôs colaborativos das atividades hospitalares envolvendo pacientes em ambientes contaminados, além de demais temas julgados relevantes no contexto da pandemia.

As empresas submetidas passaram por um rigoroso processo de análise de mérito, no qual 81 das propostas qualificadas, 53 receberão recursos não reembolsáveis. Os projetos selecionados alcançam juntos um total de R$ 21,6 milhões com valor médio da ordem de R$ 400 mil reais.

Oito propostas foram aprovadas (15%) no Nordeste, duas soluções (4%) no Centro-Oeste, 21 (20%) na região Sul e 22 propostas (42%) na região Sudeste.

Clique aqui para conferir mais detalhes da chamada.

O investimento em inovação é imprescindível para enfrentar essa e futuras pandemias.

A GAC Brasil é uma consultoria especializada no fomento à inovação que auxilia a sua empresa na aplicação de um modelo de gestão da inovação eficaz, além de proporcionar a obtenção de incentivos fiscais e/ou linhas de financiamento.

Entre em contato conosco e saiba como aplicar as melhores estratégias na sua empresa, superar e contribuir para o fortalecimento da inovação neste momento.

Nossos canais:

E-mail contato@group-gac.com.br

Telefone (11) 4858-9350 e WhatsApp (11) 99221-9019.

EMPRAPII financia desenvolvimento de ventilador pulmonar projetado pela NASA

Primeiro lote de aparelhos em enfrentamento à Covid-19 está pronto para produção em escala industrial e com previsão de entrega para setembro

A EMBRAPII (Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial) está participando do desenvolvimento tecnológico de respirador criado pela NASA, em enfrentamento à pandemia de Covid-19. O primeiro aparelho a ser homologado no mundo já conta com uma versão nacional pronta para ser produzida em parceria com a empresa Russer, localizada no interior paulista, após passar por adaptações às normas brasileiras na Unidade EMBRAPII – Senai CIMATEC em Salvador, na Bahia.

O equipamento projetado por uma equipe de engenheiros do Laboratório de Propulsão a Jato (JPL) da agência aeroespacial norte-americana foi chamado de VITAL, da sigla em inglês de Ventilator Intervention Technology Accessible Locally.  Em chamada pública realizada pela NASA para licenciar a tecnologia, foram atraídas 331 empresas mundiais e 30 brasileiras. Do total, 28 foram selecionadas – nove delas dos EUA e duas no Brasil (CIMATEC e Russer) – para desenvolver e fabricar o produto.

Devido a pandemia, os royalties foram dispensados. Entre os objetivos atuais da CIMATEC está a arrecadação de recursos de instituições e empresas para produzir e doar cerca de 50 ventiladores para os estados e os municípios brasileiros.

A princípio deverá ser produzido um primeiro lote com cerca de 300 aparelhos, cada um custando R$ 59 mil, com previsão de entrega para setembro. A empresa que já obteve homologação da ANVISA, será responsável por toda a cadeia de suprimentos, fabricação, montagem e comercialização final dos respiradores.

De acordo com os pesquisadores que atuaram no projeto, o aparelho é o único do segmento a suspender o funcionamento durante um procedimento de reanimação de paciente, sem perder os parâmetros ajustados anteriormente.

Daniel Motta, gerente de tecnologia e inovação do Senai CIMATEC afirma que o projeto de alto impacto vai aumentar a acessibilidade do respirador pela sociedade, e destaca a importância do apoio da EMBRAPII como contribuinte na viabilização do desenvolvimento e nacionalização do equipamento.

Segundo José Luis Gordon, diretor de planejamento e gestão da EMBRAPII, a inovação tem a capacidade de potencializar a indústria nacional na área médica aumentando a competitividade das empresas para o desenvolvimento de equipamentos, componentes e novas soluções para o segmento.

Atualmente, a EMBRAPII já conta com mais de 60 projetos apoiados no combate à pandemia.

A sua empresa tem uma solução para ajudar no combate à Covid-19?

A GAC Brasil é uma consultoria especializada no fomento à inovação que apoia e incentiva a parceria e desenvolvimento em soluções inovadoras.

Entre em contato conosco através dos canais:

E-mail contato@group-gac.com.br

Telefone (11) 4858-9350    WhatsApp (11) 9-9221-9019

 

O terceiro episódio da série ‘Libere seu potencial de inovação: Desenhando uma estratégia de inovação de ponta a ponta‘, vai acontecer na quarta-feira, 09/09, às 14h.

Neste terceiro episódio, você irá entender como fazer a gestão da inovação dentro de sua empresa; como fazer um planejamento assertivo das etapas e de que forma a tecnologia pode lhe assessorar junto com o expertise de consultoria.

E para abordar o assunto, contaremos com a participação especial de Fernando Ferreira, Gerente de P&D e Inovação na Nitro. Com a moderação de Durval Garcia, Gerente de Inovação da GAC Brasil.

Não deixe de se inscrever! Vagas limitadas. Acesse https://www.even3.com.br/gestaoestrategicadainovacao2020

Nos acompanhe na ‘Trilha da Inovação’!

 

Edital aberto pelo Sistema Brasileiro de Tecnologia/Centro de Inovação em Nanotecnologia voltado especialmente para as micro e pequenas empresa (MPEs), prevê investimentos de R$ 11,7 milhões

O edital lançado em julho deste ano pelo Sistema Brasileiro de Tecnologia/Centro de Inovação em Nanotecnologia (SibratecNano) com recurso do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), e execução pela Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa Fundep, recebeu ao todo 39 propostas de projetos direcionados à criação de produtos e processos nanotecnológicos. Com investimentos previstos em R$ 11,7 milhões, o edital é voltado especialmente para micro e pequenas empresas (MPEs).

Instrumento de articulação e financiamento de projetos cooperativos entre micro, pequenas, médias e grandes empresas e 22 das Instituições Científica e Tecnológicas (ICTs) que fazem parte do Sistema Nacional de LaborNANO (SisNANO), do MCTI, atua diretamente nas áreas de Nanomateriais, Nanocompósitos, Nanodispositivos e Nanossensores.

O resultado final será divulgado no dia 8 de setembro. Acesse http://www.sibratecnano.com/ para obter mais informações.

A sua empresa trabalha com o desenvolvimento de produtos, processos e/ou serviços que envolvam a aplicação de Nanotecnologia?

A GAC Brasil tem incentivado o Ecossistema de Materiais Avançados e Nanotecnologia, realizando, inclusive, dois webinars recentemente com dois das maiores entidades especialistas do setor: FINEP e Instituto SENAI de Inovação (ISI) em Materiais Avançados e Nanocompósitos (SBC-SP).

Caso deseje receber as gravações e os materiais apresentados nos eventos promovidos pela GAC Brasil em parceria com estas grandes entidades, sobre o ‘Edital da FINEP Materiais Avançados: Papel e Celulose e outros mercados e os materiais apresentados’, e ‘Saindo da crise: como desenvolver projetos junto ao Instituto SENAI de Inovação, utilizando recursos públicos à inovação’,  entre em contato conosco. Aproveite e descubra como garantir recursos e desenvolver o seu projeto inovador, agora mesmo!

Nossos canais:

E-mail – contato@group-gac.com.br

Solicitação de gravações e materiais: marketing@group-gac.com.br

Telefone (11) 4858-9350 e WhatsApp (11) 99221-9019.

 

 

década do oceano

Iniciativa busca reunir informações sobre diferentes realidades do país para traçar ações integradas ao ambiente marinho brasileiro durante o período de 2021.

Iniciada no dia 19 de agosto e com previsão de término até o final do ano, a agenda de eventos promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marinha do Brasil, UNESCO, Unifesp, Fundação Grupo Boticário e Rede ODS Brasil busca construir o Plano Nacional para a Década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável, de forma colaborativa, envolvendo brasileiros de todas as regiões, para promover a participação e o engajamento de diferentes setores da sociedade, contemplando, portanto, as necessidades do país.

As diretrizes traçadas durante o evento, ajudarão o Brasil a planejar as próximas ações com foco no ecossistema marinho-costeiro para serem executadas no período de 2021 a 2030.

Inicialmente, a Década do Oceano foi proposta pela Organização das Nações Unidas (ONU) como forma de conscientizar a população global sobre a importância dos oceanos, e mobilizar atores públicos, privados e da sociedade civil organizada em ações que favoreçam a saúde e a sustentabilidade dos mares, inclusive por meio da inovação.

Karen Silverwood-Cope, coordenadora-geral de Oceanos, Antártica e Geociência do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), destaca a importância do oceano e acrescenta que é necessário que a sociedade se junte para reunir informações e conhecimentos de cada uma das regiões do Brasil, afim de garantir o futuro sustentável para as próximas gerações.

O primeiro webinário nacional “Onde estamos?” já realizado pela série de eventos, reuniu vários especialistas para falar sobre o cenário atual da costa e da vida marinha brasileira. A programação segue até novembro com cinco oficinas – uma para cada região do Brasil. Cada oficina regional terá até 105 participantes, selecionados a partir de inscrições, divididos em sete grupos de trabalho.

O calendário termina em dezembro com o segundo webinário nacional “O que temos e para onde vamos”, que trará os resultados de todos os encontros regionais, com um panorama nacional.

Para conferir a programação completa e o formulário de inscrição, acesse: http://decada.ciencianomar.mctic.gov.br 

A inovação e a sustentabilidade andam lado a lado quando se trata da formação de um modelo de negócio eficiente. Por mais que seja possível aplicar a sustentabilidade a partir de um modelo tradicional, a inovação é a verdadeira chave da revolução em empresas.

A GAC Brasil assessora todos os setores no processo estratégico da inovação, inclusive projetos que visam a preservação do meio ambiente. Proporcionamos o uso otimizado de incentivos fiscais, Gestão da Inovação, Assessment e as melhores opções de financiamento para PD&I.

Entre em contato conosco para receber mais informações.

Nossos canais:

E-mail contato@group-gac.com.br

Telefone (11) 4858-9350 e WhatApp (11) 99221-9019.