Embrapii investe em projeto inovador para auxiliar no tratamento da Covid-19

Novo respirador artificial que consiste na oxigenação por membrana extracorpórea e funciona como pulmão auxiliar estará pronto em até oito semanas

Após parceria com SENAI e ABDI em edital de inovação com investimento de R$ 20 milhões em projetos de todo o Brasil na prevenção, diagnóstico e no combate ao COVID-19, a Embrapii – Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial, anunciou, nesta última quarta-feira, investimento para desenvolver um equipamento para auxiliar o tratamento dos pacientes que sofrem de insuficiência respiratória aguda, condição causada em casos graves do novo vírus. A entidade tem feito um grande esforço e investe em projeto inovador para auxiliar no tratamento da Covid-19.

O equipamento produzido pela empresa de equipamentos médicos Braile e que consiste na Oxigenação por Membrana Extracorpórea (uma forma de respiração extracorporal), será utilizado como suporte ao tratamento mecânico, oferecendo ao paciente um “pulmão auxiliar” no caso de a ventilação não estar surtindo efeito durante o tratamento.

A tecnologia pioneira no Brasil trará maior eficiência, aprimorando os procedimentos médicos a custos mais baixos. A produção será 100% nacional e a deve ficar pronta em oito semanas e, depois disso, um lote inicial com 100 equipamentos deve ser produzido e enviado aos 21 centos capacitados na operação de respiração extracorpórea.

O uso do equipamento também é indicado para adultos ou crianças em casos de transplante de coração, infarto do miocárdio e parada cardíaca.

Funcionamento do respirador artificial

O equipamento oxigena e remove o gás carbônico (CO2) diretamente do sangue. A partir de um circuito padrão, o sangue das veias é removido do paciente, bombeado até um oxigenador e depois devolvido ao corpo por meio de uma artéria ou uma veia.

Como a Embrapii investe em projeto inovador para auxiliar no tratamento da Covid-19

A Embrapii arcará com R$ 1,15 milhão, o que representa metade do valor do projeto, orçado em R$ 2,3 milhões. O restante será feito pelo Instituto Eldorado, credenciado à empresa e para desenvolver projetos de inovação industrial.

Além do investimento neste projeto, a instituição ampliou o financiamento em projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação com recursos não reembolsáveis, destinando 6 milhões de reais às startups e pequenas empresas (desse total 2 milhões de reais vieram de parceria com o Sebrae), e seu modelo tradicional foi flexibilizado para ajudar na produção de tecnologia ao combate da Covid-19.

A partir de agora, o estímulo será maior e avaliado de acordo com a necessidade de cada proposta.

Em meio a essa situação alarmante e o impacto do surgimento do novo coronavírus que se espalhou em uma velocidade surpreendente, a pesquisa e a inovação vêm fazendo muita diferença para as empresas e para a população em geral.

Neste momento, todas as ações de inovação no combate ao Covid-19 podem causar impacto positivo!

Deseja conhecer estratégias para sua empresa superar e ajudar neste momento, a partir de projetos inovadores?

A GAC Brasil apoia você na utilização dos incentivos fiscais, nas opções de financiamento e subvenção econômica e na implementação de uma Gestão Estratégica da Inovação.

Entre em contato conosco através dos canais:

Whatsapp (11) 9-9221-9019

E-mail contato@group-gac.com.br

Telefone (11) 4858-9350