Embrapii investirá R$ 30 milhões para inovação em universidades

Investimento será destinado a grupos de projetos de tecnologia para desenvolvimento de propostas de PD&I em diversas áreas,

inclusive o agronegócio

A Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial – Embrapii, selecionou, em apoio junto com o Ministério da Educação e Cultura, nesta semana, onze grupos de pesquisa de universidades federais para receber o investimento. As unidades foram selecionadas dentre 37 propostas apresentadas por grupos de pesquisas das universidades.

Os grupos de pesquisadores designados devem receber cerca de R$ 30 milhões para investir em projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I) para atender demandas do setor industrial. A partir deste credenciamento, a rede Embrapii passa a contar com 55 Unidades.

Segundo o secretário de Educação Superior do MEC, Wagner Vilas Boas, o credenciamento das novas unidades pela Embrapii mostra o comprometimento do Ministério em incentivar a inovação nas universidades federais.

Os projetos serão desenvolvidos nas áreas de Energias Renováveis, Fibras Florestais, Sistemas Embarcados, Geotecnologia e Agronegócio, Inteligência Artificial, Computação Industrial, Materiais Avançados/Nanomateriais, Computação Industrial, Robótica Inteligente, Sistemas Veiculares e Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).

A Embrapii será responsável pelo financiamento de um terço do valor dos projetos das novas unidades com recursos não reembolsáveis. A parceria com o MEC e as universidades, tem o objetivo de atrair empresas pelo conhecimento existente e por sua capacidade de geração de soluções tecnológicas das novas unidades, além de estimular a interação entre o setor produtivo e os centros acadêmicos, o credenciamento de unidades em universidades federais também visa a capacitação de profissionais qualificados para atuarem em projetos de PD&I na indústria.

A meta é atingir os 175 projetos e R$ 100 milhões em investimentos de inovação, e fazer com que as empresas invistam cerca de R$ 50 milhões nos projetos.

O investimento em tecnologias dentro das universidades federais tem grande impacto social. A utilização de ICT – Instituição de Ciência e Tecnologia por parte de empresas privadas, é um excelente instrumento de apoio à inovação e estímulo à competitividade.

A GAC Brasil auxilia empresas privadas com os estudos de viabilidade, como consequência proporciona um uso otimizado da Lei do Bem e melhores opções de funding para PD&I.

Entre em contato conosco para receber mais informações.

Nossos canais:

E-mail contato@group-gac.com.br

Telefone (11) 4858-9350 e whatsapp (11) 99221-9019.

 

 

Facebook
Twitter
LinkedIn
Email

Artigos em Relacionamento

. A divulgação foi realizada durante o Fórum Brasil de Investimentos.

Governo tem US$ 1,3 bi para investir em infraestrutura sustentável

Valor faz parte de um acordo firmado entre o Ministério da Infraestrutura e o Banco Interamericano de Desenvolvimento durante o Fórum Brasil de Investimentos O Governo Federal, por meio do Ministério da Infraestrutura, e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) firmaram um acordo de investimento em projetos sustentáveis na área de infraestrutura, no valor de

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) vai investir R$ 380 milhões em projetos de apoio à pesquisa científica e ao desenvolvimento tecnológico na região amazônica em 2022.

MCTI investirá R$ 380 mi em ciência e inovação na Amazônia

Anúncio de recursos para projetos do Ciência para Amazônia MCTI ocorreu durante o Fórum Nacional Consecti & Confap 2022, em Manaus O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) vai investir R$ 380 milhões em projetos de apoio à pesquisa científica e ao desenvolvimento tecnológico na região amazônica em 2022. O anúncio dos recursos previstos

pt_BRPortuguese
Rolar para cima