EMPRAPII financia desenvolvimento de ventilador pulmonar projetado pela NASA

Primeiro lote de aparelhos em enfrentamento à Covid-19 está pronto para produção em escala industrial e com previsão de entrega para setembro

A EMBRAPII (Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial) está participando do desenvolvimento tecnológico de respirador criado pela NASA, em enfrentamento à pandemia de Covid-19. O primeiro aparelho a ser homologado no mundo já conta com uma versão nacional pronta para ser produzida em parceria com a empresa Russer, localizada no interior paulista, após passar por adaptações às normas brasileiras na Unidade EMBRAPII – Senai CIMATEC em Salvador, na Bahia.

O equipamento projetado por uma equipe de engenheiros do Laboratório de Propulsão a Jato (JPL) da agência aeroespacial norte-americana foi chamado de VITAL, da sigla em inglês de Ventilator Intervention Technology Accessible Locally.  Em chamada pública realizada pela NASA para licenciar a tecnologia, foram atraídas 331 empresas mundiais e 30 brasileiras. Do total, 28 foram selecionadas – nove delas dos EUA e duas no Brasil (CIMATEC e Russer) – para desenvolver e fabricar o produto.

Devido a pandemia, os royalties foram dispensados. Entre os objetivos atuais da CIMATEC está a arrecadação de recursos de instituições e empresas para produzir e doar cerca de 50 ventiladores para os estados e os municípios brasileiros.

A princípio deverá ser produzido um primeiro lote com cerca de 300 aparelhos, cada um custando R$ 59 mil, com previsão de entrega para setembro. A empresa que já obteve homologação da ANVISA, será responsável por toda a cadeia de suprimentos, fabricação, montagem e comercialização final dos respiradores.

De acordo com os pesquisadores que atuaram no projeto, o aparelho é o único do segmento a suspender o funcionamento durante um procedimento de reanimação de paciente, sem perder os parâmetros ajustados anteriormente.

Daniel Motta, gerente de tecnologia e inovação do Senai CIMATEC afirma que o projeto de alto impacto vai aumentar a acessibilidade do respirador pela sociedade, e destaca a importância do apoio da EMBRAPII como contribuinte na viabilização do desenvolvimento e nacionalização do equipamento.

Segundo José Luis Gordon, diretor de planejamento e gestão da EMBRAPII, a inovação tem a capacidade de potencializar a indústria nacional na área médica aumentando a competitividade das empresas para o desenvolvimento de equipamentos, componentes e novas soluções para o segmento.

Atualmente, a EMBRAPII já conta com mais de 60 projetos apoiados no combate à pandemia.

A sua empresa tem uma solução para ajudar no combate à Covid-19?

A GAC Brasil é uma consultoria especializada no fomento à inovação que apoia e incentiva a parceria e desenvolvimento em soluções inovadoras.

Entre em contato conosco através dos canais:

E-mail contato@group-gac.com.br

Telefone (11) 4858-9350    WhatsApp (11) 9-9221-9019

 

Facebook
Twitter
LinkedIn
Email

Artigos em Relacionamento

A decisão das instituições financeiras de adotar a IA será acelerada pelo avanço tecnológico, maior aceitação do usuário e mudanças nas estruturas regulatórias

Inteligência artificial no setor financeiro: impacto e tendências

Para competir e prosperar nesse ambiente desafiador, bancos tradicionais precisarão construir uma nova proposta de valor baseada em recursos de IA e análises de ponta Embora a Inteligência Artificial (IA) já exista há décadas, ela se tornou ainda mais predominante nos últimos anos. Nenhuma indústria ou setor permaneceu intocado por seu impacto e prevalência. A

pt_BRPortuguese
Rolar para cima