Internet das Coisas: MCTI e EMBRAPII vão investir R$ 120 milhões para criar Centros de Competência em Hardware

Objetivo é tornar país referência internacional em PD&I em Plataformas de IoT, gerar novos negócios e levar produtos inovadores para o mercado

A Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII) e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) vão selecionar dois institutos de pesquisas brasileiros e investir R$ 120 milhões, em cinco anos, para torná-los Centros de Competência em Hardware (chamados de CCH) para a indústria nacional. 

O objetivo da proposta é gerar conhecimento interno no Brasil, ampliando os conhecimentos em Plataformas de IoT – Internet das Coisas, dos institutos selecionados.

De acordo com Jorge Guimarães, diretor-presidente da EMBRAPII, as plataformas de IOT são uma área high tech e estratégica para o crescimento econômico do país, e o aproveitamento das oportunidades que são abertas para os novos produtos e serviços é crucial para promover a competitividade da indústria.

Neste primeiro ano, os selecionados receberão R$ 40 milhões. Os recursos podem ser utilizados na capacitação de pesquisadores e no desenvolvimento de pesquisas básicas, ainda embrionárias, mas que permitem avançar no conhecimento para produzir as futuras soluções tecnológicas da indústria.

Com o fortalecimento, os centros serão aptos a desenvolver a solução completa de hardware, que inclui componente físicos – como sensores e partes elétricas e mecânicas – dispositivos de comunicação, integração de sistemas, conectividade e segurança da informação.

Por meio desta iniciativa, espera-se atrair investimentos em inovação de grandes empresas que apostam no Brasil e estimular a criação de startups capazes de criar soluções tecnológicas de Hardware para diversos setores da economia, como 5G, telecomunicação, saúde ou agro.

Entre as estratégias do Programa está a associação de empresas brasileiras aos Centros de Competências de hardware, pagando uma quota de participação e recebendo, em contrapartida, uma série de benefícios. Entre eles estão: acompanhar o direcionamento das pesquisas, conhecer em primeira mão as descobertas alcançadas e acesso a laboratórios, treinamentos de profissionais e acesso aos profissionais qualificados do Centro para suporte no processo de inovação de acordo sua estratégia empresarial.

O avanço das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) no Brasil, demonstra como o país caminha cada vez mais para possuir uma representatividade do setor relevante em seu PIB, assim como já ocorre nos países considerados de primeiro mundo.

Isso sinaliza o potencial de expansão que as TICS podem oferecer ao país, sendo possível, portanto, alcançar a independência dos demais países e exportações de alto valor agregado em diversas áreas.

De acordo com dados levantados pela Firjan, o Brasil possui a maior taxa de crescimento global do setor e responde por mais da metade dos gastos de TIC na América Latina. Sendo assim, o país já assimilou a relevância da TIC como motor de sua aceleração socioeconômica.

A GAC Brasil trabalha com soluções que podem auxiliar no processo de inovação da sua empresa. Contamos com uma equipe especializada e dedicada a oferecer o serviço mais adequado às necessidades do seu negócio.

Entre em contato conosco através dos canais:

E-mail: contato@group-gac.com.br

Telefone: (11) 4858-9350   WhatsApp (11) 9-9221-9019