Presidente da Embrapa destaca importância do investimento em inovação no agronegócio

Mesmo abaixo do nível de investimento de 2% em pesquisa e desenvolvimento, conforme recomendado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), o Brasil ocupa a 13ª posição no ranking mundial de geração de conhecimento e 68º em inovação. Durante entrevista recente para os meios de comunicação, Celso Moretti, Presidente da Embrapa, destacou a importância do investimento em inovação no agronegócio.

A inovação é um fator essencial em todos os setores, principalmente no que se refere ao agronegócio. Para manter a liderança do Brasil entre os países produtores de alimentos, ainda é preciso um investimento maior em tecnologia.

Segundo Moretti, o PIB do agronegócio brasileiro representa 22% do PIB total do país, e tal importância reforça a ideia de que, com tecnologia e pesquisa, o Brasil vai conquistar e se destacar na garantia de alimentos para uma população mundial crescente.

Recentemente a Embrapa firmou um acordo com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). O objetivo da parceria é identificar os desafios relacionados ao cenário de investimentos estratégicos dos principais mercados do mundo, direcionados a projetos do setor.

Inovação no Agro

Moretti aborda além da relevância de contribuição inovadora em agro da Embrapa e as 43 unidades de pesquisa desenvolvidas, as prioridades da pesquisa, voltada à inovação e soluções tecnológicas, sendo destacadas áreas como agricultura digital, integração lavoura pecuária floresta, edição genômica e bioeconomia.

De acordo com o presidente, a economia de base biológica representa uma oportunidade importante para que o Brasil se torne referência mundial em bioeconomia. Celso Moretti cita o projeto desenvolvido por pesquisadores da Embrapa Amazônia Ocidental, que coordenaram uma expedição de 7 mil quilômetros pelos rios da bacia amazônica, para coletar microrganismos que poderão ser usados para controlar pragas e doenças.

Referente à edição genômica, que prevê a utilização de tesouras biotecnológicas para edição do DNA das plantas, Moretti enfatiza a importância dos estudos que poderão, entre as possibilidades, contribuir com o desenvolvimento de plantas mais resistentes à seca.

Celso Moretti ressalta necessidade do Brasil ampliar a capacidade de transformar conhecimento em inovação e reforça a importância do agro no PIB

Por fim, o presidente salienta a necessidade de o País continuar investindo em instituições que trabalham com pesquisa, desenvolvimento e inovação e faz referência ao investimento realizado em prol da sociedade no ano passo na Embrapa e a devolução de R$ 12,19 em termos de retorno, em valores individuais.

Sobre as parcerias, Celso Moretti evidencia a necessidade de buscar aproximação com o setor privado e garantir que a inovação chegue de alguma forma nas propriedades rurais brasileiras, e consequentemente ampliar o acesso dos pequenos agricultores à tecnologia adaptada às suas condições.

Como empresa especializada, a GAC Brasil presta assessoria nos principais editais direcionados ao aumento da produtividade e eficiência do setor agropecuário, e ajuda a transformar o seu projeto de pesquisa em realidade.

Entre em contato conosco e saiba qual é o edital e/ou programa de fomento à inovação perfeito para você!

E-mail contato@group-gac.com.br

Telefone (11) 4858-9350 e WhatsApp (11) 99221-9019.