Programa Inova HFA leva mais tecnologia com inteligência artificial na área da saúde

Assinada recentemente pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, em Brasília, a portaria interministerial responsável pela criação do programa Inova HFA, que conta com a participação do Ministério da Defesa e do Ministério da Saúde, vai atuar na testagem e  validação de tecnologias inovadoras para uso posterior em todo o sistema de saúde do país. O objetivo é fazer com que o Hospital das Forças Armadas (HFA) de Brasília, atue como uma incubadora e aceleradora de projetos.

A parceria entre o MCTI e o HFA foi destacada pelo ministro Marcos Pontes com referência no uso do robô Laura, que monitora pacientes internados e emite alertas á equipe médica com antecedência de 10 horas em casos de deterioração clínica, tendo como base a inteligência artificial.

Iniciativa do MCTI em parceira com o Ministério da Defesa e Ministério da Saúde vai testar e validar tecnologias para todo o sistema de saúde do país

O robô Laura foi criado pelo presidente do Instituto Laura, Jacson Fressatto, e inaugurado no HFA em março deste ano.  Com a perda da filha nascida prematura por sepse, uma complicação por infecção generalizada, em 2010, o arquiteto de sistemas desenvolveu um robô cognitivo que lê um grande número de informações dos pacientes e emite alertas com antecedência ao detectar quadros de infecção, o que já ajudou a salvar mais de 12 mil vidas, segundo o Instituto.

Segundo Marcos Pontes, além do robô Laura, há planos de desenvolvimento de outros tipos de sistemas e equipamentos que ajudem pacientes, médicos e profissionais da saúde. O ministro acrescenta e enfatiza a importância das ações de ciência e tecnologia para o país, e mensura a nova parceria como solução e inclusão dessas tecnologias.

O comandante logístico do Hospital das Forças Armadas, general Rui Matsuda, explicou que o incentivo à inovação será feito por meio da cooperação entre governo, empresas e academia, e destacou que a iniciativa faz parte de um projeto maior para a criação de um hospital inteligente. Conforme Rui Matsuda, o Inova HFA surge com o desafio de ser o cerne para o protótipo de um hospital digital e inteligente.

Empresas que apostam em inovação na área da saúde (e nos demais setores), saem em vantagem em um mercado cada vez mais competitivo, conquistando possibilidades muito promissoras.

Como consultoria especializada, a GAC Brasil ajuda a sua empresa a aproveitar ao máximo os benefícios destinados ao fomento da inovação.

Entre em contato conosco e aproveite para conhecer os serviços disponíveis para a sua empresa, e aumentar o seu potencial inovador:

Nossos canais

E-mail contato@group-gac.com.br

Telefone (11) 4858-9350 e whatsapp (11) 99221-9019.

 

 

Facebook
Twitter
LinkedIn
Email

Artigos em Relacionamento

. A divulgação foi realizada durante o Fórum Brasil de Investimentos.

Governo tem US$ 1,3 bi para investir em infraestrutura sustentável

Valor faz parte de um acordo firmado entre o Ministério da Infraestrutura e o Banco Interamericano de Desenvolvimento durante o Fórum Brasil de Investimentos O Governo Federal, por meio do Ministério da Infraestrutura, e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) firmaram um acordo de investimento em projetos sustentáveis na área de infraestrutura, no valor de

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) vai investir R$ 380 milhões em projetos de apoio à pesquisa científica e ao desenvolvimento tecnológico na região amazônica em 2022.

MCTI investirá R$ 380 mi em ciência e inovação na Amazônia

Anúncio de recursos para projetos do Ciência para Amazônia MCTI ocorreu durante o Fórum Nacional Consecti & Confap 2022, em Manaus O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) vai investir R$ 380 milhões em projetos de apoio à pesquisa científica e ao desenvolvimento tecnológico na região amazônica em 2022. O anúncio dos recursos previstos

pt_BRPortuguese
Rolar para cima