Prorrogado prazo para apresentação de propostas do edital de Tecnologia Assistiva

Data de envio de propostas para o edital disponibilizado pela Finep passou de 18/09 para 06/10

O edital voltado ao apoio de projetos de Tecnologia Assistiva lançado pela Finep, Financiadora de Inovação e Pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), em parceria com os ministérios da Saúde (MS), da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMDFH), sofreu alteração no prazo de envio de propostas, passando de 18/09 para 06/10.

Com o objetivo de fomentar a pesquisa, o desenvolvimento tecnológico e a inovação em projetos que envolvam risco tecnológico e/ou contribuam com ações inovadoras para o SUS, o edital vai destinar até R$ 40 milhões em recursos não reembolsáveis, sendo R$ 30 milhões disponibilizados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT), com uma previsão de aporte de mais R$ 10 milhões do Fundo Nacional de Saúde (FNS), ainda em fase final de tramitação.

O valor mínimo a ser concedido a cada proposta é da ordem de R$ 500 mil, podendo alcançar R$ 3 milhões. Serão apoiados projetos em cinco linhas temáticas:

I – Auxílios para o desempenho autônomo diário e laboral da pessoa com deficiência e das pessoas idosas.

II – Auxílios para ampliação da habilidade visual, auditiva e que promovam desenvolvimento intelectual para pessoas com deficiência.

III – Órteses, Próteses e Meios Auxiliares de Locomoção.

IV – Habilitação e Reabilitação. Essa linha tem como objetivo o desenvolvimento de soluções inovadoras para prevenção das causas das deficiências e risco de quedas em pessoas idosas; diagnóstico e intervenção precoces, disponibilização de recursos terapêuticos em reabilitação que aumentem a oferta de serviços de saúde próximo ao domicílio da pessoa com deficiência, incluindo a zona rural.

V – Soluções inovadoras para atualização das tecnologias assistivas do SUS.

A partir desta iniciativa, espera-se promover a independência, autonomia, inclusão social e melhoria da qualidade de vida de idosos e de pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.

São passíveis de financiamento projetos com nível de maturação TRL 3, que é o estágio entre a pesquisa básica e a pesquisa aplicada, incluindo testes laboratoriais, prova de conceito e protótipo, com proposta de chegar ao nível TRL 7, que é a fase de Demonstração, com protótipo analisado em ambiente operacional.

Soluções inovadoras e políticas de fomento a tecnologia assistiva são grandes aliadas no processo de inclusão e melhoria de qualidade na vida de pessoas com deficiência.

Como empresa especializada na gestão estratégica da inovação, a GAC Brasil compreende a importância e apoia o desenvolvimento de soluções, e aplicação de novas inovações tecnológicas assistivas.

Entre em contato conosco para saber como garantir recursos e desenvolver o seu projeto inovador!

Nossos canais:

E-mail contato@group-gac.com.br

Telefone (11) 4858-9350 e WhatsApp (11) 99221-9019.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email

Artigos em Relacionamento

Ribeirão Preto: R$ 381,8 milhões em projetos de estrutura e inovação

Recursos devem ser utilizados no prazo de 5 anos e município deve dar contrapartida de R$ 95,4 milhões Foi aprovada pela Comissão de Financiamentos Estrangeiros (Cofiex), do Ministério da Economia, a destinação de US$ 69,7 milhões da Corporação Andina de Fomento (CAF) para financiar projetos de mobilidade, inovação, meio ambiente, entre outras áreas, em Ribeirão

O que faz empresas tradicionais se transformarem em startups?

Em entrevista exclusiva ao portal de tecnologia Canaltech, executivos explicam como as empresas tradicionais se rendem à cultura das startups Uma empresa tradicional trabalha em áreas de atuação conhecidas e busca operações estáveis que geram lucros. Já uma startup atua com soluções inovadoras e escaláveis, isto é, onde o número de clientes aumenta sem que

Lançada chamada pública da Finep/MCTI para implantação de centros de inovação em todo o País

Ao todo, serão investidos R$ 50 milhões em recursos não reembolsáveis do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico A Finep, empresa pública federal vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), divulgou uma chamada pública para apoio financeiro a Centros de Inovação, situados em municípios que contam com universidades, centros de pesquisa e

pt_BRPortuguese
Rolar para cima