Posts

Finep 2030 Empresarial disponibiliza R$ 90 mi não reembolsáveis para empresas do setor automotivo

A Finep/MCTI acaba de lançar o Programa Finep 2030 Empresarial, uma ação conjunta da financiadora com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e o Ministério da Economia (ME), voltado para o desenvolvimento de projetos inovadores da cadeia do setor automotivo. Estarão disponíveis R$ 90 milhões, em até quatro anos, de recursos não reembolsáveis para empresas de qualquer porte.

O Finep 2030 Empresarial apoiará projetos que contemplem o desenvolvimento de produtos, processos e serviços inovadores para a cadeia automotiva, considerados estratégicos no âmbito Programa Rota 2030 – Mobilidade e Logística – do Governo Federal.

São quatro linhas temáticas:

1 – Inovação em processos, inclusive automação, conectividade industrial e manufatura avançada para o incremento de produtividade, na cadeia de fornecedores do setor automotivo;
2 – Investimentos em pesquisa, desenvolvimento e inovação na cadeia de fornecedores do setor automotivo;
3 – Fortalecimento da cadeia de ferramental e moldes destinados à cadeia produtiva automotiva; e
4 – Estímulo à produção de novas tecnologias relacionadas a biocombustíveis, segurança veicular e propulsão alternativa à combustão.

Muita agilidade e menos burocracia

Além da oferta de recursos não reembolsáveis, o novo Programa será disponibilizado em fluxo contínuo, isto é, não dependerá de editais. E, durante o processo de avaliação, caso uma empresa não tenha o seu projeto aprovado, poderá enviar nova proposta. A metodologia de análise de propostas será mais ágil, o que reduzirá significativamente o tempo entre a submissão e aprovação para cerca de 45 dias. Todo o processo de acompanhamento dos projetos e do desembolso dos recursos às empresas será simplificado.

Empresas de todo porte

Qualquer empresa brasileira poderá participar, no limite máximo de R$ 3 milhões por proposta. Empresas de médio e grande porte deverão apresentar contrapartida proporcional. Aquelas com faturamento anual de até R$ 90 milhões estão livres de contrapartida. O prazo de execução do projeto deverá ser em até 36 meses, admitida a sua prorrogação nos termos do contrato.

“Temos a convicção que o programa Finep 2030 Empresarial apoiará decisivamente a transformação da indústria automotiva nacional. A oferta de recursos não reembolsáveis à empresas brasileiras, sem dúvida, contribuirá na conjuntura do setor automotivo para atingir seus objetivos estratégicos tais como, desenvolvimento tecnológico contínuo, investimentos em engenharia automotiva, adequação dos veículos às novas tendências bem como, à requisitos ambientais e de segurança”, afirma o diretor de Inovação da Finep, Alberto Dantas.

Regulamento

Acesse o regulamento completo e saiba mais detalhes do Finep 2030 Empresarial na página do Programa: http://www.finep.gov.br/apoio-e-financiamento-externa/programas-e-linhas/finep-2030-empresarial

Edital de R$ 4 milhões da Fapesc incentiva doutores a fazer pesquisa

Mesmo diante dos desafios causados pela pandemia e a busca científica por soluções, a Fapesc amplia investimentos na área e lança edital com recursos para pesquisa em SC

O Programa de Pesquisa Universal criado pela Fapesc, já apoiou 1.114 pesquisas, mais de 3,2 mil pesquisadores e resultou na publicação de cerca de 4 mil artigos e revistas científicas. Além de contribuir com 1,7 mil produções de pesquisas (trabalhos de conclusão de curso e iniciação científica), 800 produções técnicas (softwares e protótipos) e 700 apresentações em eventos e feiras.

O edital retorna neste ano como o maior investimento em pesquisa básica e aplicada do Estado. O valor a ser liberado por projeto vai variar de R$ 20 mil a R$ 80 mil. Podem se inscrever para participar Programa de Pesquisa Universal professores e pesquisadores com doutorado, que atuam em instituições de ensino e pesquisa em Santa Catarina. O prazo de inscrição vai até 23 de setembro de 2020.

De acordo com o presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen, o valor disponibilizado de R$ 4 milhões é muito importante para que possam mostrar a importância que a ciência representa para o Governo do Estado e para as instituições catarinense. Zabot acrescenta que, embora nos próximos meses a fundação tenha a intenção de lançar outros editais, o Programa de Pesquisa Universal, sem dúvida, é o mais importante para o ecossistema científico.

Amauri Bogo, diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação da Fapesc, destaca o lançamento e valor investido no edital mesmo em meio à uma crise mundial. Segundo Bogo, por envolver todas as instituições de nível superior e grandes áreas do conhecimento, o edital faz com que haja uma oxigenação do ecossistema e que a academia produza conhecimentos para alimentar também o sistema de tecnologia e inovação de Santa Catarina.

O edital completo pode ser acessado em fapesc.sc.gov.br.

Quer saber como participar do novo edital disponibilizado pela FAPESC?

A GAC Brasil apoia o seu projeto e presta auxílio na inclusão de editais direcionados ao fortalecimento da inovação, entre em contato conosco! Estamos presentes no Sul com escritório em Porto Alegre (RS).

Nossos canais:

E-mail contato@group-gac.com.br

Telefone (11) 4858-9350 e WhatsApp (11) 99221-9019.

 

Finep/MCTI lança chamada pública para infraestrutura

Serão selecionados projetos institucionais para adequação e implantação de infraestrutura física de Laboratórios e Biotérios de Nível de Biossegurança 3, destinados à PD&I para o desenvolvimento de vacinas, tratamentos e estudos ligados à Covid-19.

A Finep e o MCTIC lançaram na última sexta-feira (3), a Chamada Pública MCTI/Finep/Infraestrutura NB-3, no valor de R$ 25 milhões (recursos emergenciais). O objetivo é selecionar propostas de apoio financeiro para execução de projetos institucionais voltados a adequação/implantação de infraestrutura física de Laboratórios e Biotérios de Nível de Biossegurança 3 (NB-3) OMS designados à PD&I para o desenvolvimento de vacinas, tratamentos e estudos da patogênese do vírus SARS-CoV2.

São elegíveis para participar como convenente e executora as seguintes instituições:

– Instituição Científica, Tecnológica e de Inovação (ICT) pública;

– Instituição Científica, Tecnológica e de Inovação (ICT) privada desde que qualificada como Organização Social ou Instituição Comunitária de Educação Superior.

Principais pontos formais a serem seguidos na proposta da chamada pública para infraestrutura:

– Cada subprojeto deverá ser associado a uma única infraestrutura de pesquisa para NB-3. A solicitação de recursos em um mesmo subprojeto para mais de uma infraestrutura de pesquisa NB-3 acarretará a eliminação do subprojeto;

– No caso de apresentação de 02 (dois) subprojetos, obrigatoriamente, deverá ser um direcionado para um Laboratório e outro para um Biotério. A solicitação de recursos em uma mesma proposta para 02 (dois) Laboratórios ou 02 (dois) Biotérios, acarretará a eliminação da proposta;

– O valor solicitado deve estar entre o mínimo de R$ 500 mil e não poderá ultrapassar R$ 4 milhões.

– Os recursos serão destinados às ICTs que já possuam instalações (laboratórios e/ou biotérios), no mínimo, NB-2. Neste contexto, a instituição proponente deverá encaminhar, junto à proposta, para cada subprojeto, os seguintes documentos:

(i) Declaração explicitando qual laboratório ou biotério em condição no mínimo NB-2 que será objeto da solicitação.

(ii) Relatório fotográfico da infraestrutura existente, recente, legendado e datado (a partir de 01/06/2020). O material fotográfico deve fazer parte da proposta encaminhada à PRP.

As inscrições vão até dia 13 de agosto, já a data final para recebimento da documentação digitalizada por e-mail (FAP e demais documentos) será dia 14 de agosto.

Confira o edital disponibilizado pela FINEP.

É de suma importância que o edital da FINEP seja consultado detalhadamente para elaboração e validação da proposta.

Deseja receber mais informações sobre este e outros editais, e aumentar as suas chances de aprovação?

Como consultoria de fomento à inovação, a GAC Brasil apoia o seu projeto e auxilia a sua empresa na obtenção das principais linhas de financiamento.

Entre em contato conosco através dos canais:

Whatsapp (11) 9-9221-9019

E-mail contato@group-gac.com.br

Telefone (11) 4858-9350

 

 

 

Governo de SP lança edital para projetos de combate à Covid-19

O Governo do Estado de São Paulo lançou no dia 15 de junho o IdeiaGov – programa de inovação com o objetivo de identificar e beneficiar propostas tecnológicas com potencial para combater e minimizar os impactos do novo coronavírus.

O edital operado pelo Impact Hub e que conta com diversos parceiros, é direcionado para empreendedores, empresas, pesquisadores e entidades de todo o Brasil. Todos poderão inscrever suas propostas nas modalidades “Desafios do governo” e “Ofertas tecnológicas do mercado”.

A modalidade “Desafios do governo” se dedica a encontrar projetos de empresas e organizações de qualquer porte com soluções inovadoras, que produzam testes de diagnóstico para a Covid-19 acessíveis aos programas de saúde pública e possam ser replicados para alcançar o maior número possível de pessoas.

A segunda modalidade “Ofertas tecnológicas do mercado” receberá propostas de tecnologias sobre produtos, serviços ou processos para a área da saúde pública. Dentro dos critérios para seleção, estão o grau de inovação das soluções apresentadas, o potencial de adoção por órgãos da administração pública, o perfil da empresa e da equipe envolvida e a maturidade da tecnologia.

As empresas terão acesso às equipes técnicas do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FM-USP), do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e da Prodesp, além de infraestrutura laboratorial e de equipamentos especializados para orientação, apoio na execução de provas de conceito, casos de uso real, testes-piloto e troca de informações técnicas.

Programa IdeiaGov vai identificar novas tecnologias e soluções inovadoras contra o novo coronavírus. Entenda porque o Governo de SP lança edital para projetos de combate à Covid-19

O programa é inovador por integrar, em um fluxo único e simples, diferentes tipos de apoio ao longo de toda a jornada do desenvolvimento e implementação de uma solução inovadora. Seu diferencial abrange a combinação de diferentes formas de apoio e recursos não-financeiros para as empresas e grupos de pesquisa interessados em validar, testar e desenvolver suas soluções.

O acesso às equipes técnicas do Hospital das Clínicas, Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e PRODESP será disponibilizado a todas as empresas, além de uma infraestrutura laboratorial e de equipamentos especializados para orientação, apoio na execução de provas de conceito, casos de uso real, testes-pilotos e troca de informações técnicas.

Ao final do ciclo de ambas as modalidades, as soluções que forem validadas poderão ter acesso a linhas de financiamento e/ou contratação de suas soluções por órgãos públicos.

As inscrições das propostas podem ser feitas até o dia 10 de agosto pelo site www.ideiagov.sp.gov.br.

Como entender a iniciativa do Governo de SP que lança edital para projetos de combate à Covid-19 ?

A GAC Brasil acompanha e disponibiliza os principais editais voltados à inovação, além de contribuir ativamente para o crescimento e sucesso da sua empresa.

Quer descobrir qual é o melhor edital disponível para alavancar o seu projeto? Nós te ajudamos!

Entre em contato conosco para receber mais informações.

Nossos canais:

E-mail contato@group-gac.com.br

Telefone (11) 4858-9350 e whatsapp (11) 99221-9019.

 

 

Acelere os resultados do seu projeto inovador com o financiamento da FINEP e o apoio da GAC Brasil como consultoria especializada no fomento à inovação

Embora o cenário econômico e político atual não favoreça a realização do sonho de desenvolver e aplicar projetos inovadores, linhas de financiamentos destinadas a novas tecnologias têm sido destaque e servido de grande apoio para tirar as ideias do papel e colocá-las em prática. Financie e transforme o seu projeto de inovação com a FINEP!

Recentemente divulgamos a disponibilização do novo edital de subvenção econômica da Finep, Financiadora de Inovação e Pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI). O valor de R$50 milhões será de apoio à projetos de inovação que envolvam tecnologias 4.0.

Os novos recursos são destinados a empresas brasileiras de pequeno, médio e grande portes que tenham interesse em desenvolver produtos, processos e serviços inovadores em Agro 4.0, Cidades Inteligentes, Indústria 4.0 e Saúde 4.0.

Tais recursos podem ser a oportunidade perfeita para a alavancar a inovação e qualidade da sua empresa, além de ser um grande incentivo financeiro.

Acelere os resultados do seu projeto inovador com o financiamento da FINEP e o apoio da GAC Brasil como consultoria especializada no fomento à inovação

Deseja saber se o seu projeto é bom o suficiente e como aplicá-lo?

Como empresa especializada, a GAC Brasil pode ajudar neste processo e transformar o seu sonho em realidade. Entre em contato conosco e receba mais informações sobre o edital. Estamos à disposição para orientá-lo (a) e contribuir no fortalecimento da inovação dentro de sua empresa.

Acelere o seu projeto com quem entende de inovação! 

Entre em contato conosco para receber mais informações.

Nossos canais:

E-mail contato@group-gac.com.br

Telefone (11) 4858-9350 e whatsapp (11) 99221-9019.

 

 

Finep/MCTI lança edital de R$ 50 milhões em subvenção econômica para tecnologias 4.0

Recursos serão destinados a empresas brasileiras que tenham interesse em desenvolver produtos, processos e serviços inovadores em: Agro 4.0, Cidades Inteligentes, Indústria 4.0 e Saúde 4.0.

A Finep – Financiadora de Inovação e Pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), está lançando nesta quinta-feira (18), um edital de subvenção econômica para apoiar projetos de inovação que envolvam tecnologias 4.0, no valor de R$ 50 milhões.

O anúncio oficial foi realizado hoje pela manhã, ao vivo, através do canal do MCTI no Youtube. O evento online contou com a participação do ministro Marcos Pontes e do presidente da Finep/MCTI, General Waldemar Barroso.

Os novos recursos serão destinados às empresas brasileiras de pequeno, médio e grande portes que tenham interesse em desenvolver produtos, processos e serviços inovadores em quatro áreas temáticas: Agro 4.0 (agricultura, pecuária de precisão e sistemas transversais à agricultura e pecuária), Cidades Inteligentes (logística urbana, segurança pública, saneamento ambiental, e monitoramento e desastres naturais); Indústria 4.0 (processos 4.0, virtualização de ambientes, e máquinas e equipamentos 4.0); e Saúde 4.0 (sistemas de predição, monitoramento remoto, telemedicina, gestão hospitalar, e prevenção e controle de epidemias).

As propostas devem conter ao menos uma tecnologia habilitadora, como 5G, Internet das Coisas (IoT), Inteligência Artificial, Robótica Avançada, Computação em Nuvem, Realidade Aumentada ou Manufatura Aditiva.

Segundo Alberto Dantas, diretor de Inovação da Finep/MCTI, o edital tem como objetivo financiar, via subvenção econômica, projetos de inovação em tecnologias 4.0 nos temas transversais da indústria brasileira e integra as políticas públicas do governo federal de fomento à manufatura avançada e à internet das coisas.

Dantas acrescenta que, as tecnologias apoiáveis nesta chamada pública são importantes para a retomada e para o futuro da economia nacional. O executivo destaca o crescimento da digitalização e o uso de tecnologias como Internet das Coisas (IoT), inteligência artificial, big data e robótica avançada, como fatores responsáveis pelo potencial de aumento de produtividade, impulsionamento de inovações em modelos de negócios e alteração de competitividade relativa dos países.

Funcionamento do Edital:

Serão apoiados projetos que apresentem níveis de maturidade tecnológica de 3 a 7, os chamados TRLs (Technology Readiness Levels). Temas que envolvam Agro 4.0, Indústria .0 e Saúde 4.0, receberão R$ 15 milhões de aplicação, e R$ 5 milhões nos temas relativos a Cidades Inteligentes. Será obrigatória a apresentação de uma contrapartida financeira, que poderá variar entre 5% e 100% do valor a ser subvencionado, dependendo do porte da empresa.

Poderão se candidatar empresas brasileiras com Receita Operacional Bruta superior a R$ 360 mil. O valor mínimo da subvenção, por projeto, é de R$ 500 mil e, o máximo, R$ 5 milhões. As Instituições Científicas e Tecnológicas (ICTs) poderão participar do projeto como prestadoras de serviços.

As propostas de submissão de projetos de inovação referentes às tecnologias 4.0 devem estar acompanhadas de um Plano de Negócios contemplando o planejamento em todas as suas fases, considerando a sua estratégia, descrição, planejamento e execução dos investimentos produtivos, desde as etapas de pesquisa e desenvolvimento, até a inserção no mercado e comercialização de produtos.

Tais propostas deverão ser encaminhadas à Finep/MCTI por meio eletrônico até o dia 27 de julho, quando se encerra a chamada do edital. O Formulário de Apresentação de Proposta (FAP), já se encontra disponível no sítio da Finep. O resultado preliminar está previsto para outubro desse ano, e o resultado final, considerando a análise de recursos, a partir de novembro.

Deseja compreender o funcionamento deste edital e conhecer outros editais de fomento a inovação?

A GAC Brasil apoia e direciona os seus processos para os principais editais. Agenda um bate-papo conosco e saiba como aumentar o seu potencial inovador.

Entre em contato conosco através dos nossos canais de atendimento.

E-mail contato@group-gac.com.br

Telefone (11) 4858-9350 e whatsapp (11) 99221-9019.

 

Petrobras e IBP: produção de ventiladores pulmonares mecânicos

Edital público é voltado para universidades, instituições de ciência, tecnologia e empresas capacitadas tecnicamente a desenvolver os equipamentos.

A Petrobras se uniu ao Instituto Brasileiro do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (IBP) para aumentar a disponibilidade de ventiladores pulmonares mecânicos no país e lançou nesta última quinta-feira (28), um edital público para seleção de projetos de ventiladores pulmonares mecânicos que serão usados no tratamento de doentes de Covid-19.

A iniciativa tem a intenção de apoiar além da pesquisa clínica, os processos de registro e fabricação de ventiladores de baixo custo e baixa complexidade, destinados a hospitais públicos de todo país.

O público-alvo do edital são universidades, instituições de ciência & tecnologia e empresas capacitadas tecnicamente a desenvolver os equipamentos.

O projeto que partiu da Equipe Científica de Resposta (ECR) da Petrobras, reúne um time de especialistas da companhia para desenvolver soluções rápidas de base tecnológica no combate ao coronavírus. Para a chamada pública, os técnicos da Petrobras estruturaram ainda todo o processo do edital, além de prestarem consultoria na gestão do projeto – com base na experiência adquirida na parceria junto à Coppe-UFRJ, no desenvolvimento de protótipos de ventiladores de baixo custo.

A Sociedade Brasileira de Engenharia Biomédica (SBEB) e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) estão apoiando a iniciativa e participarão da avaliação e seleção dos projetos – em conjunto com o IBP e a Petrobras.

Será investido um total de R$ 1 milhão 400 mil nessa iniciativa, com o objetivo de permitir a participação de um universo maior de desenvolvedores de respiradores.

Etapas do edital

O primeiro conjunto de projetos será apoiado na etapa crítica de passagem dos chamados testes in vitro (testes de desempenho com uso de pulmão artificial) para os testes in vivo (com animais e seres humanos). O edital prevê ainda financiamento à produção seriada do primeiro lote de 200 ventiladores (incluindo compra de componentes e montagem). Para essa etapa, só poderão se candidatar projetos já registrados junto à Anvisa ou autorizados pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep) para realização de pesquisa clínica expandida.

Os interessados deverão inscrever seus projetos na chamada “primeira onda”, no período de 28/05 a 2/06, seguindo as instruções indicadas no edital.

Deseja receber mais informações sobre o funcionamento deste e outros editais? Entre em contato conosco e aproveite para conhecer as inúmeras possibilidades de inserção da inovação que podemos oferecer dentro da sua empresa!

Nossos canais:

E-mail contato@group-gac.com.br

Telefone (11) 4858-9350 e whatsapp (11) 99221-9019.

Edital disponibiliza mais R$ 132 milhões para pesquisadas de combate ao coronavírus

Finep-MCTIC vai disponibilizar, por meio de edital, R$ 132 milhões para o desenvolvimento de três linhas de pesquisa que ajudem no combate à pandemia.

A Financiadora de Estudos e Projetos – Finep, do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – MCTIC investirá mais R$ 132 milhões em tecnologia no enfrentamento da Covid-19.

Os recursos, de subvenção econômica, farão parte do desenvolvimento de três linhas de pesquisa que ajudem no combate à pandemia e serão destinados a empresas brasileiras de todos os portes que atuem, preferencialmente, em parceria com uma Instituição Científica, Tecnológica e de Inovação (ICT).

No total do investimento, R$ 80 milhões vão apoiar soluções inovadoras em ventiladores pulmonares mecânicos e equipamentos suplementares de suporte à vida de pacientes acometidos pela doença, R$ 35 milhões serão aplicados no desenvolvimento de testes diagnósticos e biosensores, reagentes e insumos associados, e os R$ 17 milhões restantes vão financiar máscaras de proteção, equipamentos e sistemas de descontaminação, desinfecção e esterilização.

Edital: mais de R$ 132 milhões para pesquisas de combate ao coronavírus

Através deste edital, a Finep-MCTIC deseja apoiar a incorporação de novas soluções tecnológicas, baseadas em nanotecnologia, materiais avançados, indústria avançada, inteligência artificial, Internet das Coisas, biologia sintética, além de outras que se mostrarem promissoras para adição de funcionalidades aos equipamentos, partes, peças e insumos específicos para a Covid-19.

A empresa interessada deve solicitar à Finep-MCTIC o valor mínimo de R$ 500 mil e o máximo de R$ 5 milhões. Será obrigatória a apresentação de uma contrapartida financeira, que poderá variar entre 10% e 100% do valor a ser financiado, dependendo do porte da empresa.

Na análise do mérito, o Comitê de Avalição levará em conta o grau de inovação da proposta, o risco tecnológico, o impacto esperado e o tempo previsto para disponibilização do produto no mercado.

As propostas deverão ser encaminhadas à Finep-MCTIC por meio eletrônico até o dia 21 de junho próximo. Para isso, deverão preencher o Formulário de Apresentação de Proposta (FAP), que estará disponível no site da Finep-MCTIC a partir do dia 5 de junho. O resultado preliminar está previsto para o dia 1º de julho e o resultado, no dia 31 de julho.

Como participar do Edital de mais de R$ 132 milhões para pesquisas de combate ao coronavírus

A GAC Brasil apoia o seu projeto em processos dos principais editais. Para entender o funcionamento deste e demais editais direcionados ao fortalecimento da inovação, entre em contato conosco!

Nossos canais:

E-mail contato@group-gac.com.br

Telefone (11) 4858-9350 e whatsapp (11) 99221-9019.

MCTIC e Softex lançam edital de Startups com foco em inteligência artificial.

O programa IA² MCTIC oferece investimentos totais de até R$ 500 mil por startup e tem o objetivo apoiar projetos inovadores de pesquisa e desenvolvimento orientados ao desenvolvimento de soluções em Inteligência Artificial.

Lançado nesta última segunda-feira (4), pela Softex e pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), o Edital de Startups do Programa IA2 MCTIC visa fomentar o desenvolvimento de projetos inovadores através da adoção de inteligência artificial, apoiar a conexão entre os atores do ecossistema de inovação, aumentar competitividade, internacionalização e inovação de tecnologias brasileiras e promover aceleração tecnológica.

A participação no edital vai possibilitar que projetos de Grupos de Pesquisa, Empresas de TI e/ou Startups sejam acelerados em um programa com investimentos de até R$ 500 mil, a partir das seguintes áreas prioritárias: agronegócio, saúde, indústria e cidades inteligentes.

Quem pode participar?

  • Instituições do CATI (Responsáveis pelo apoio e acompanhamento do desenvolvimento da solução e suporte tecnológico);
  • Aceleradoras (Responsáveis por investimento e suporte aos Executores de Projetos de Pesquisa selecionados na escalabilidade de seus modelos de negócios);
  • Startups, Empresas de TI e Grupos de Pesquisa (Executores de Projetos de P&D orientados a solucionar problemas reais, apoiados pelas Instituições do CATI e Aceleradoras);
  • Empresas Âncora (Empresas interessadas em testar tecnologias de IA a partir de desafios enfrentados em suas organizações).

Benefícios

– Instituições do CATI: o programa vai proporcionar conexão com grandes empresas e potenciais clientes, e uma visão holística de modelos de negócios envolvendo P&D.

– Startups, Empresas de TI e Grupos de Pesquisa: poderão se beneficiar da conexão com grandes empresas e suporte no desenvolvimento de produto e negócios, além de uma visão estratégica dos desafios enfrentados pelo setor produtivo brasileiro e aplicações de seus serviços

– Empresas Âncora: terão a oportunidade de realizar conexão com startups, empresas de TI, aceleradoras e ICTs, e visão holística sobre diferentes modelos de inovação aberta.

– Aceleradoras: conexão com startups, empresas de TI, aceleradoras e ICTs, junto a uma visão estratégica de modelos de negócios e desafios do setor produtivo brasileiro.

Fases do Programa

O programa é dividido em 4 partes:

– Cadastro de 20 ICT’s e Aceleradoras, e seleção de 100 Projetos de Startups;

– Grupos de pesquisa ou empresas de TI;

– Pré Aceleração;

– Desenvolvimento e Investimento;

– Investimento e Mercado.

Acesse o edital e saiba mais sobre o programa!

Se precisar de apoio, para compreender como funciona um edital e alinhar todas as capacidades inovativas de sua empresa, combine um bate-papo conosco!

Nossos canais:

E-mail contato@group-gac.com.br

Telefone (11) 4858-9350 e whatsapp (11) 99221-9019.